segunda-feira, 13 de junho de 2005

Voz e gestos

"A palavra escrita ensinou-me a escutar a voz humana, assim como as grandes atitudes imóveis das estátuas me ensinaram a apreciar os gestos. Em contrapartida, e posteriormente, a vida fez-me compreender os livros.
Mas estes mentem, ainda os mais sinceros."
in Memórias de Adriano, de Marguerite Yourcenar

1 comentário:

Fernanda disse...

Que frases... boas para refletir... esse livro deve ser realmente mui interessante!