sexta-feira, 4 de junho de 2010

Quero que o Brasil seja campeão

No meio das cervejas da última festa um amigo dizia que o Brasil não vai ser campeão. Como vai ser duas vezes seguidas?, dizia. "É que 2014 é nosso. Não vamos ter um novo 1950!".
A próxima copa é no Brasil, para quem não sabe. E para quem não sabe e não teve um guia uruguaio a passear em Montevideo, felicíssimo a mostrar o Estádio da Copa do Uruguai, em 1930, e que não parava de falar no "Maracanazzo" - ótima expressão, só tenho pena de ser eu o brasileiro -o Brasil perdeu em 1950 o campeonato em casa, há poucos minutos do fim, num momento em que, literalmente, todo o mundo achava que não havia dúvidas de que o Brasil ganhava. Todos, com a exceção dos jogadores uruguaios (adoro gente assim) que não quiseram saber disso de previsões e fizeram a festa. Viraram no finzinho do jogo.
Eu respondi, para o meu amigo (não para o guia uruguaio, que era bem simpático) com aquele argumento que meu irmão usava na Copa de 1994, nos EUA,, que ganhamos: "só uma seleção ganhou copas fora do seu continente". Portanto, o assunto Copa 2010, seguindo as tradições, é entre o Brasil e as seleções africanas. Difícil à mesma, mas vamos torcer.

2 comentários:

Gabizinha disse...

Realmente, a Copa de 50, para nós uruguaios, de fato é a nossa maior alegria!=D
Mas acho que o Brasil não leva esse ano: aposto em 3 grandes: Argentina, Alemanha e Itália.
Portugal é tipo a Espanha em copas...não sei porque...

Mari disse...

Me nego a pensar na possibilidade de que o Brasil não ganhará. Não quero argumentos factíveis e concretos. Simplesmente sei que ele ganhará.